h1

Pearl Harbor – Parte II

06/10/2011

A parte mais marcante da nossa visita a Pearl Harbor foi com certeza poder “explorar” um verdadeiro submarino – um dos poucos que voltaram da guerra intactos e com equipe sa e salvos. E essa e uma das poucas partes de Pearl Harbor que voce precisa pagar pra ver. Custou somente 10 dolares por pessoa, e todo o dinheiro arrecadado vai pra manutencao do submarino e um pouquinho pra manter os varios museus que tem por la.

Nao e todo dia que uma pessoa visita um submarino, entao eu nao sabia propriamente o que esperar.

A parte de fora e o decking foram totalmente reformados pra poder receber turistas. Esse “chao” acima obviamente era todo fechado pra nao entrar agua – e foi trocado por uma madeira, ja que a superficie original seria muito escorregaria e talvez nao muito pratica pra manutencao.

Os binoculos continuam intactos, e sao SUPER pesados

Quando vc de fato entra no submarino ai realmente cai a ficha de que esse nao eh um meio de transporte qualquer…

Foi dificil ficar sorridente la embaixo – alias ja disse que foi dificil ficar sorridente em todas as partes de Pearl Harbor. Eu tava forcando uns sorrisinhos sem graca pra camera, so pra nao arrepender depois de ter feito cara feia.

E a medida que vc vai desbravando o interior do interior la embaixo, o calor vai crescendo. Eu tava suando sem parar e, com todo respeito, um grupo de americanos gordinhos tavam um poco de suor. Alem de ser super quente, as passagens la de baixo vao se tornando cada vez mais menores. As pessoas mais altas estavam com dificuldade em entrar em alguns dos “comodos”. Esse grupo de gordinhos nao conseguiu ir muito longe…

Eu fiquei relativamente tensa ao ir muito “fundo” la embaixo, apesar de nao ser um submarino dos mais longos. Eu ja detesto lugares fechados, e tive que respirar fundo e tentar esquecer onde eu tava (e o quao calor estava!) pra conseguir ver tudo…

E de imaginar que as pessoas passavam meses ai dentro trancafiadas pelo mar afora.. sem saber se voltariam pra casa algum dia, ou se veriam o sol nascer mais alguma vez.

Essas camas acima eram as mais luxuosas. Alguns comodos tinham camas menores e mais empilhadas. As vezes 4 camas uma acima da outra, super apertadas e obviamente desconfortaveis.

Com certeza a experiencia valeu.. e eu gostaria de ter passado mais tempo la embaixo explorando e fotografando. Uma dica pra quem for: escolha um dia nao tao calor, e leve uma garrafinha de agua com voce.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: