Archive for January, 2012

h1

Batom Coco Slimshine da Chanel

12/01/2012

esse post eh um pouco futil, mas to no horario de almoço escrevendo pelo celular e pensando em batons.

Ano passado eu usei ate acabar totalmente 4 batons MAC, dos 6 que eu tinha. Usei ate o fundao, ate o pincel de boca nao conseguir mais tirar batom da embalagem. e eu ter que tirar com o dedo Agora to acabando o quinto batom.

E, como ja tinha decidido, eu so preciso mesmo de 2 batons pra viver: unicamente DOIS (2): um pro dia e um pra noite. Fato.

E ja que eu nao coleciono maquiagem, nao faz mal escolher produtos sem olhar o preco. E apaixonei loucamente com a linha de batons da Chanel, a Coco Slimshine! os batons são tão macios e de textura tão leve.. nunca vi igual! desde que testei na loja da Chanel ja decidi naquele momento que so queria esse batom pra sempre

Eu pessoalmebte cansei de produtos MAC. Nada contra, eu ja amei a marca. Mas o preco na Australia eh tao alto que quase equivale a Chanel, YSL e Dior. E entao pra mim eh um “no-brainer” e nao compro nada na MAC mais… (se eu morasse em um lugar onde MAC é mais acessivel, tipo EUA, eu ainda compraria, mas mesmo assim hoje prefiro outras marcas mais maduras como YSL)

No momento eu tenho 3 batons: o angel da MAC (que ta quase no fim), um escuro da MAC pra noite e o Boy da Chanel! E estou muito contente com o Boy… nunca usei nada tao macio, hidratante e sofisticado! É o meu batom do dia-a-dia de todos os dias

e melhor: nem tive q comprar porque foi parte dos presentes de anoversario q meus pais me deram.

a embalagem eh outra coisa a parte. maravilhosa e hiper chic!!

Descukpa MAC, acho q nunca mais compro seus batons

h1

Dica de presente tipico australiano

10/01/2012

Se vc eh uma daquelas pessoas que adoram souveniers convencionais, entao com certeza vai logo achar mil opcoes australianas pra levar pra casa: boomerangues, mini cangurus, mini koalas, copos, colheres e todos aqueles enfeites que qualquer loja de souveniers vende.

Nada contra souveniers, mas eu partiularmente os detesto na minha casa. Detesto copinhos, cinzeiros, camisas ou qualquer coisa escrita: “fui ao japao e lembrei de vc” – exemplo – e a intencao de quem comprou eh fofissima!! Estou tentando dizer que adoro receber e saber que fui lembrada, mas infelizmente essas “coisinhas” nao tem funcionalidade ou praticalidade na vida real. Mesmo porque esses enfeites sap geralmente feitos na china, o que perde totalmente o objetivo de levar pra casa algo tipico do local visitado.

E esses dias tava pensando – se eu fosse uma turista na australia, o que levaria pra casa comigo como lembranca? ou, se eu tivesse que dar pra um amigo de fora um presente tipico da australia, o que seria? E a resposta seria: uma bolsa ou toalha de praia da Country Road.

A Country road eh uma marca mega popular na australia- equivalente (tanto no estilo, preco e publico alvo) a Banana Republic nos EUA. Eh na Country Road que eu costumava comprar varias roupas de trabalho antes de me render ao consumismo virtual. E a marca, mais australiana seria impossivel, faz as bolsas de praia e toalhad mais lindas do pais.. disponiveis nas cores mais variadas

E boto a mao no fogo pela qualidade de tudo que eles vendem (ninguem ta me pagando pra elogiar assim!) hehe

Em qualquer dia, quakquer praia basta olhar em volta que vc vai ver muita gente equipada com seus pertences da country road. E a loja ta em todo shopping do pais

(infelizmente com a entrada da Zara, Topshop e outras lojas internacionais na australia nos ultimos meses, a CR comecou a produzir alum dos seus produtos na China, mas vc ainda acha um “made in ausyralia” em quase tudo)

Tai a dica de un presente local, de alta qualidade e utilidade!

h1

Brisbane International

09/01/2012

h1

Bella

02/01/2012
h1

No Jornal!!!

02/01/2012

Ontem eu tava na rua lavando meu carro, e fui abordada e convidada por 2 reporteres do jornal Courrier Mail, principal jornal de Brisbane, a ser entrevistada sobre o transito no bairro. O bairro onde eu moro tem sofrido algumas mudancas no transito em funcao do torneio internacional de tenis, que acontece em Brisbane uma vez ao ano. O torneio acontece bem pertinho da minha casa.

As reporteres me pegaram em um momento de revolta heheh, ja que um inspetor de transito tinha tentado me multar (na minha propria rua!) 10 minutos antes da entrevista.

Hoje fiquei toda feliz quando vi minha foto na quarta pagina. So na entendi porque a fotografa insistiu que eu colocasse a mao na cintura.. vai entender.

 

h1

Road Trippin’: O primeiro dia

01/01/2012

Agora estamos de volta a Brisbane. Muito tempo sem postar, eu sei. Agora estou no processo de arrumar fotos e organizar minha casa, desfazer malas, etc.

No primeiro dia foram mais ou menos 10 horas de chåo percorridas. Nao foi tao dificil quanto pensavamos. Fomos parando em cada cidadezinha pra esticar as pernas, comer e tirar fotos. O bom é que esse primeiro dia foi o menos remoto de todos, entao tivemos inumeras opçoes de parques e areas de pic-nic pra fazer nossas paradas.

Engraçado foi como colocamos as musicas pra tocar em shuffle e a primeira musica do dia foi “Road Trippin'” do Red Hot Chilli Peppers. Bem apropriado e super coincidencia.

E o dia terminou com um jantar perfeito em Dubbo (New South Wales), nosso primeiro lugar de parada. Comemos em um restaurante de tapas espanhol, e vou dizer que fiquei boquiaberta com um restaurante de comida tao fina em uma cidade minuscula em que nao esperavamos experimentar nada de especial. Tudo estava delicioso: o vinho, as tapas, a sobremesa… Que experiencia!